Flamengo e Maracanã enfim se acertaram, pelo menos até 2020. O clube e os responsáveis pelo estádio selaram o acordo no início da semana. A reunião que definiu os detalhes do negócio aconteceu na noite de segunda-feira, 11 de junho.

Nesta quarta-feira, 13 de junho, o consórcio do Maracanã divulgou nota confirmando o acordo de dois anos e meio. Confira abaixo na íntegra.

Maracanã confirma acordo de longo prazo com o Flamengo

Contrato, que prevê mínimo de 25 partidas a partir de 2019, oferece maior liberdade ao clube para explorar o Maracanã

Rio de Janeiro, 13 de junho de 2018 – A partir de agora, o Flamengo passa a ter uma nova casa oficial para jogos de futebol. O clube carioca assinou acordo de longo prazo com o Maracanã para realização de partidas e demais eventos até o fim de dezembro de 2020. Em votação realizada na noite desta segunda-feira (11/06), o Conselho Deliberativo do Flamengo (CODE) aprovou a negociação, que prevê a realização de, no mínimo, 11 jogos ainda em 2018 e, pelo menos, 25 partidas anuais em 2019 e 2020.

– O Flamengo é um grande e antigo parceiro do Maracanã onde já realizou partidas memoráveis, grandes clássicos com recordes sucessivos de público. Para o Maracanã  essa parceria consolida o desejo de ambas as partes em manter o estádio cada vez mais ativo, atraindo mais e mais torcedores, imprensa e visitantes – afirma Mauro Darzé, presidente do Maracanã.

O executivo reforça ainda que “o acordo assegura, tanto ao clube quanto aos torcedores e patrocinadores, a previsibilidade de jogos e de receita para que todos possam se programar melhor. Assim, todos poderão usufruir do melhor que o Maracanã tem a oferecer, de uma forma mais produtiva, fazendo com que cada partida seja um grande espetáculo”. A operação, a segurança e o fornecimento de demais serviços durante os jogos continuarão sob responsabilidade do clube – como já vem sendo feito. Cabe ao Maracanã manter o estádio com a manutenção em dia dando perfeitas condições de uso para jogadores e torcedores.

O acordo estimula o planejamento tanto por parte do clube quanto do Maracanã em função da previsibilidade de jogos, que potencializam a atração do público e de patrocinadores, além de diminuir os custos operacionais do estádio. O contrato de longo prazo também oferece ao Flamengo maior liberdade para o uso dos espaços – inclusive as áreas de camarote que ajudarão a alavancar as receitas e dar uma identidade visual que deixe os torcedores ainda mais identificados com o estádio.

Para Bruno Spindel, CEO do Flamengo, o objetivo é fazer com que o estádio fique com a cara do torcedor. “O Flamengo e o Maracanã chegaram a um ponto de convergência com esse acordo porque queremos que a Nação Rubro-Negra se sinta em casa, que jogue junto, que vença com a gente. O objetivo do acordo é permitir que o clube possa conquistar muitos novos títulos nessa casa que sempre foi o principal palco da nossa história”, afirmou.   

– Temos certeza de que o acordo vai estimular uma parceria ainda mais forte entre o Flamengo e o Maracanã, cujo maior beneficiado será sempre o torcedor. Neste ano, já estávamos construindo esse acordo e o resultado é que, das dez maiores bilheterias do país até agora, quatro delas foram de partidas do Flamengo no Maracanã – afirmou Mauro Darzé, presidente do Maracanã.

O Maracanã é hoje um dos estádios mais utilizados do Brasil. No ano passado foi o que recebeu maior número de jogos, totalizando 43 partidas. No ano, cerca de 1,5 milhão de pessoas passaram pelo estádio entre torcedores, público de shows e do Tour Maracanã, que já é um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. Em 2018, até então, o Maracanã atraiu mais de 800 mil pessoas que compareceram ao estádio para acompanhar os jogos, os eventos e o Tour.